Eventos
Iluminação LED industrial: quais normas e aplicações seguir?
Eventos
Iluminação LED industrial: quais normas e aplicações seguir?

Além de obter eficiência energética na indústria é preciso estar atento a segurança e eficiência dos produtos. Veja como um estudo luminotécnico pode te ajudar a considerar diferentes necessidades. 


Um estudo  luminotécnico industrial é indispensável para um sistema de iluminação eficiente e seguro. E, como as indústrias operam de modo diferente umas das outras, as suas necessidades variam conforme o tipo e segmento de trabalho.


Algumas unidades podem ter maquinários mais pesados, que afetam a rede de energia elétrica, enquanto outras podem ter ambientes com temperaturas severas, umidade, poeira e vibração, entre outros fatores. Desse modo, as empresas precisam encontrar formas de conservar seus equipamentos de iluminação.


Além disso, toda e qualquer empresa visa reduzir custos, aumentar a produtividade e evitar acidentes de trabalho, além de priorizar práticas sustentáveis. É por isso que, hoje, o setor industrial está cada vez mais migrando para sistemas elétricos que utilizam luminárias LED.


Continue a leitura e saiba o que é preciso observar em um estudo de iluminação industrial com a tecnologia LED!


Economia com LED: por que a iluminação industrial é tão importante?

No setor industrial, a iluminação precisa estar de acordo com as normas vigentes (NR17), caso contrário, a empresa pode sofrer penalizações. Mas, essas exigências normativas têm razão de ser, uma vez que uma iluminação adequada aos diferentes ambientes da indústria é fundamental para evitar acidentes de trabalho, melhorar o desempenho das equipes e, é claro, evitar o desperdício de energia e reduzir custos, sem falar na questão da sustentabilidade, que hoje é um diferencial muito valorizado pelos consumidores.


Custo benefício na iluminação industrial?

O ambiente da sua empresa precisa ter a iluminação mais adequada às necessidades do seu segmento. E para isso é preciso estar atento a benefícios e características para escolher um sistema de iluminação LED realmente eficiente:


  • fator de potência: fluxo luminoso ideal para ambientes internos de indústrias, galpões, armazéns e outros. 
  • conforto visual: intensidade com a qual a luz é emitida em lúmens e ângulo;
  • índice de proteção (IP);
  • temperatura de operação: resistência contra baixas temperaturas;
  • dispositivo anti-surto de energia;
  • vida útil superior: durabilidade (para você ter uma ideia, uma luminária com a tecnologia LED tem uma vida útil média de 50 mil horas, enquanto lâmpadas fluorescentes duram em torno de 10 mil horas e lâmpadas incandescentes não costumam durar mais do mil horas).
  • segurança: não provocam emissão de raios ultravioletas, tampouco causam cansaço visual; 
  • compatibilidade: o sistema LED é compatível com equipamentos de dimerização; 
  • sustentabilidade: não possuem mercúrio, filamentos metálicos ou qualquer outra substância tóxica na sua composição, faz com que elas sejam 100% recicláveis, evitando a poluição do meio ambiente. Elas também emitem muito menos dióxido de carbono (CO2) na atmosfera. 


Estudo luminotécnico industrial: o que é?

Esse cálculo é a forma de projetar luminárias LED para um determinado ambiente, visando conciliar o atendimento às normas vigentes com a redução do consumo de energia elétrica e de manutenção do sistema.


Para calcular a iluminância de ambientes, é preciso considerar “Lux” - quantidade de fluxo luminoso por metro quadrado. Seu cálculo é feito pela quantidade de fluxo luminoso de uma lâmpada (lúmen) dividido pelo metro quadrado do espaço.


Exemplo: em locais onde a atividade realizada não envolve mão de obra humana continuamente, como em galpões e armazéns, a recomendação é para que o nível de iluminação seja de 100 lux. Já nos ambientes com uso contínuo este índice deve ser de, pelo menos, 200 lux.


Como é feito o cálculo da iluminação industrial?

Diversos fatores são considerados para fazer um cálculo de iluminação industrial, como o tamanho do ambiente, o projeto arquitetônico, altura em que as luminárias serão fixadas e as cores do piso e das paredes.

Além disso, são analisados:

  • o modo de fixação (se é de sobrepor, embutir ou fixar de forma perfilada);
  • a maneira como foi realizada a distribuição dos layouts das máquinas e mobiliários (para evitar sombras, já que o layout do projeto pode provocar alteração nos resultados de iluminamento).


Conclusão

Se as instalações elétricas da sua indústria estão ultrapassadas e a conta de luz está diminuindo a margem de lucro da sua empresa, é  hora de considerar a implementação de um novo estudo luminotécnico. Atualmente, a tecnologia LED é o que existe de mais moderno no mercado, pois alia alto desempenho e baixo custo.


Entre em contato com a Zagonel e solicite uma avaliação e nossa planilha de payback!

See too:
Notícias
Iluminação de LED para posto de gasolina é a melhor escolha!
Read more
Notícias
Iluminação LED: 5 razões para investir nesse sistema
Read more
Notícias
Iluminação LED industrial: confira as vantagens!
Read more